quinta-feira, 15 de agosto de 2013

Sonambulismo. Mulher dirigiu por centenas de quilômetros e enviou várias mensagens de texto de celular.

Na Nova Zelândia, mulher em estado de sonambulismo dirigiu durante centenas de quilômetros e enviou várias mensagens de texto de celular

Uma mulher em estado de sonambulismo dirigiu durante centenas de quilômetros e enviou várias mensagens de texto de seu celular na Nova Zelândia, informou nesta quarta-feira (14) a imprensa local.

A ligação de um amigo alertou a polícia de que a mulher havia tomado soníferos e saído dirigindo de sua casa na cidade de Hamilton, na Ilha Norte, segundo o chefe local da polícia, Dave Litton, ao "Fairfax".

Quando foi encontrada, em frente a sua antiga casa de praia em Mount Maunganui, a mulher, que sofre de um transtorno do sono e que há dez meses já dirigiu sonâmbula por vários quilômetros, disse que não lembrava de nada.

"Seu primo a encontrou dormindo, deitada sobre o volante", disse o policial. "Quando ela acordou, não lembrava de nada do que aconteceu à noite. Pedimos uma ordem urgente que a proíba de dirigir para que receba tratamento médico e então volte a ter permissão para conduzir", acrescentou o policial.

Os agentes seguiram o carro após localizá-lo através do celular da mulher, que enviou várias mensagens durante o trajeto de quase cinco horas em que percorreu cerca de 300 quilômetros.

"Embora seja um alívio que ela tenha sido encontrada bem, a probabilidade de haver uma tragédia era enorme", disse Litton. "Pedimos às pessoas que tomam remédios que sejam honestas com seus médicos e peçam conselhos se a medicação afetar sua capacidade de dirigir", concluiu o agente. (Com Efe)

Nenhum comentário:

Postar um comentário