quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

Zezé Polessa confirma erro em trajeto, mas nega discussão com motorista que morreu de infarto


Zezé Polessa confirma erro do motorista mas nega discussão com motorista
Nelson Lopes, 62 anos, morreu de infarto após suposta discussão com a atriz

Após ser apontada como pivô do infarto de um motorista da Globo, ao discutir com o mesmo após ele ter errado o caminho para uma externa, Zezé Polessa se pronunciou. Segundo a assessoria da atriz, ela está muito triste com as insinuações da imprensa e do público em geral.

A assessoria de imprensa de Zezé confirma o erro do motorista mas nega que ela tenha discutido com ele. "Zezé Polessa não tem qualquer responsabilidade sobre o acontecido e não quer alarmar ainda mais a situação", disse a assessoria, que também enviou nota com uma resposta da atriz.


"Conheci o senhor. Nelson há pouco mais de um mês, e neste período ele me atendeu algumas poucas vezes, como ontem (segunda 14). Era um senhor extremamente educado e gentil. Quando soube de seu falecimento, fiquei muito triste. À família dele, toda minha solidariedade e carinho", declarou na nota.

O departamento de comunicação da Globo também lamentou a morte do motorista por meio de nota oficial: "À família do senhor Nelson Lopes, 62 anos, prestamos toda nossa solidariedade neste momento tão difícil."

Segundo os sites Yahoo e R7, o clima na produção de "Salve Jorge" está pesado. A morte do motorista Nelson Lopes deixou muita gente da produção abalada e revoltada.
De acordo com os sites, colegas dizem que ele era terceirizado, trabalhava na Globo há um mês e era muito querido.

De acordo com a secretaria municipal de saúde do Rio de Janeiro, o paciente tinha histórico de cardiopatia e já havia sofrido um enfarte há nove anos. [Fonte: GAZETA ONLINE]

Colega de emissora, José de Abreu defende

Zezé Polessa no caso do motorista morto

Ator global se revolta com seguidores que culparam a atriz pela morte do profissional


O ator José de Abreu defendeu Zezé Polessa em sua página pessoal no Twitter. A atriz, segundo o jornal "O Dia", discutiu com o motorista Nelson Lopes, responsável por levá-la ao Projac na segunda-feira (14).

De acordo com as informações do diário, Lopes passou mal após discutir com a atriz por ter errado o caminho. Pouco depois, sofreu um infarto e morreu. À Folha a assessoria da atriz nega que tenha havido desentendimento. Em nota, Polessa (que interpreta Berna na novela "Salve Jorge") lamentou a morte do motorista.

"Pronto, agora Zezé Polessa mata motorista usando como arma o enfarto do miocárdio...", escreveu o ator.

Mais tarde, ele voltou ao Twitter para dizer que, segundo a Secretaria Municipal de Saúde do Rio, Lopes tinha histórico de cardiopatia e já havia sofrido um infarto há nove anos.

Para Abreu, o fato de não haver testemunhas da discussão entre Lopes e Polessa deveria ser levado em conta.

"De onde tiraram os 'palavrões e falta de respeito e grosserias' se não houve testemunhas? condenam sem saber! O ser humano é muito ruim!", escreveu.

"Se todo mundo fosse enfartar por discussões acaloradas não existiria TV, nem cinema, nem teatro. Lidamos com emoções. Nosso tempo é outro", disse, minimizando a discussão. "A Zezé, ou a locadora, ou a produção, podem ter dado uma bronca no motora, mas isso faz parte do nosso trabalho."


Zezé Polessa se pronuncia a respeito de morte de motorista

Mesmo com a defesa do ator, alguns seguidores no Twitter não pouparam a atriz de Salve Jorge (Globo).

— Desisto. É enxugar gelo. O motorista foi assassinado por uma bronca. Inédito na história.

Entenda o caso 

O motorista Nelson Lopes morreu na segunda-feira (14), após levar a atriz Zezé Polessa para uma gravação externa da novela Salve Jorge (Globo).

O profissional errou o caminho e a atriz discutiu com ele. Segundo uma fonte do R7, ela teria dito para ele “dirigir um jegue”.

Após deixar Zezé no local correto, o motorista sentiu fortes dores de cabeça e foi para Hospital Municipal Lourenço Jorge, no Rio de Janeiro.

Com problemas cardíacos, o motorista não resistiu, infartou e morreu.


Um comentário:

  1. Essa 'biba' não têm limites mesmo. Agora tá defendendo assassina.

    ResponderExcluir